FANDOM


Os Assassinatos de Dezembro foram uma série de mortes ocorridas em um posto de observação da Armada próximo do território Pirata. No posto estava uma equipe tática da Armada formada por três ex-membros do 2º Batalhão e, junto com Miguel Trebonet, os únicos sobreviventes do Massacre do 2º Batalhão, ocorrido a mais de um ano. Os assassinatos foram protagonizados por Ulysses de la Cruz, membro da equipe, que matou seus dois companheiros, Miguel Mascarenhas e Piero Bisagno, e o traficante Perneta. Cruz vestiu Perneta com seu uniforme e ateou fogo no posto, para evitar a identificação das vítimas. Ulysses plantou uma bandeira dos Piratas na entrada do posto a fim de incriminá-los. Os Piratas assumiram a autoria do ataque.

Antecedentes Editar

Os assassinatos Editar

Consequências Editar

Relações entre Piratas e a Armada Editar

Ulysses e O Observador Editar